3.3.09

Desabafos


De mim... De dentro de mim... De lugares em mim que não conheço... De um amor que vem não sei de onde... De um tremor que me domina quando vejo você... De você, tudo vem de você

~Prämie~

Presentes existem em nossa vida o tempo todo...
Estamos sempre recebendo-os.
Presentes não são apenas coisas materiais, palpáveis...
Os presentes são também abstratos, sentidos apenas na alma...

~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~
GRATIAS
~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~

Ganhar você aqui, onde eu estive tão perdida e sozinha...
Ganhar você aqui (Oh Deus, você está aqui!)
Ganhar você nessa multidão de estranhos vazios...
Ver você...
Eu tenho você ao meu lado! [Posso eu dizer que te tenho?]

Então, minhas lágrimas secas não foram em vão,
E todo o meu clamor valeu a pena...

~*~R. Sant'Anna~*~

11 comentários:

O Profeta disse...

És madeira verde
Ou apenas mulher perdida
Testemunha de berço feito de penas
Arca perdida da dor contida

Tudo isto é universo
Em límpida poça de água
Onde as conchas têm a forma de coração
Onde o sal afasta a mágoa

A ti que és minha amiga especial
convido-te a partilhar comigo o “sítio das conchas azuis”




Beijo azul

Secreta disse...

E é apenas isso que procuramos , que valha a pena tudo peno que passamos!
Beijito.

Solange Maia disse...

Que belo poema.
Senti sua felicidade nas entrelinhas... êta sentimento bom !!! Tão bom que se esparrama....

Beijo especial,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

• The Lady of Shadows disse...

que texto apaixonado, eu achei liindo meldels *-*

aah, pois é, no fundo eu sabia que amigos não existem.. mas, eu queria tanto estar errada.

• The Lady of Shadows disse...

eu também :$

Sopor é otimo mesmo, nem imaginava que voce ouvia O: *-*

Cotovia disse...

...mesmo quando não vale a pena, a emoção de sentir é sinal de vida, e isso é bom.


Gostei muito do teu poema.

Ale (mestressan) disse...

Sempre vale a penas"

cõllibri disse...

Querida amiga, hoje só oferto o selinho da amizade, voltarei em breve...

Terno beijo

O Profeta disse...

Para lá desta janela sincera
Mora a luz radiosa, inconstante
Esta Lira liberta uma breve melodia
Que a brisa carrega adiante

Passos amedrontados
Olhos abertos sem vida, sem fervor
Sons mais que mil e muitos
Máscara da ironia de Deus superior

Bom fim de semana


Mágico beijo

Cöllyßry disse...

Quando se admite que tudo valeu a pena, é nobreza de Alma...

Beijo terno, querida

O Profeta disse...

O silêncio da solidão mora em meus olhos
Revela-se na tristeza, retém a palavra amarga
Tem a nudez de um aguaceiro de Maio
Uma garganta presa em grades que a voz embarga

Hoje a Ilha acordou presa ao silêncio
Os pássaros voaram no chão de barro frio
Esqueceram-se de subir ao azul
Lavaram as penas nas águas de um rio


Convido-te a descansar a alma nas minhas pedras de Ouro

Boa semana


Mágico beijo